Dieta Detox Volumétrica para Transformação do Corpo

A dieta detox volumétrica possui como detalhe principal o emagrecimento veloz. É perfeita para as pessoas que possuem evento e necessitam diminuir quilinhos para ajustar-se à roupa. A dieta é feita em somente 3 dias. Nesta fase curta, o cardápio vai combater edema, que é inchaço corporal.

Por se resumir hipocalórica, portanto, restrita nas calorias, e hipoglicídica, com taxa baixa do carboidrato, a mesma termina sendo uma opção um pouco de maior dificuldade de ser seguida. No entanto, para as pessoas que possuem foco e são disciplinadas, a grande vantagem em relação à dieta detox volumétrica se caracteriza o fator estético.

Na realidade, os adeptos emagrecem rápido. O que os indivíduos perdem é água corporal, e aí o inchaço segue a murchar. A gordura não reduz em tão curto período do tratamento. As pessoas que possuem excesso dos líquidos no corpo observam o resultado da “perda de peso” com maior impacto, devido à diminuição do edema.

Reeducação Alimentar e Atividades

Por causa da restrição calórica e baixa taxa do carboidrato, a dieta detox volumétrica não deve ser realizada por fase superior que a recomendada. E, não se resume à reeducação alimentar. Assim, não muda o comportamento. Desta maneira, na última análise, não oferece resultados definitivos.

A recomendação é tratamento de reeducação alimentar e praticar atividades para que peso seja mantido através da alimentação saudável. Dietas como esta, com repetição por várias vezes, gerarão efeito sanfona e malefícios para vida saudável.

Cardápio

O cardápio sugerido na seqüência é relativo ao dia inicial do plano alimentar. Anteriormente a optar por esta alternativa, consultar-se com nutricionista. O café da manhã é composto de 1 ovo cozido ou omelete, mais 1 copo de suco. Este suco é preparado com 1 folha de couve, 1 limão espremido, 1 xícara do chá-verde, 1 colher de linhaça, 1 maçã, e 2 lascas do gengibre.

Para o lanche da manhã são 2 castanhas do pará e 1 fatia do queijo branco. No almoço, 1 xícara do repolho, couve ou espinafre abafado na ausência do óleo, mais 100 gramas do filé de peixe assado, 1 prato de folhas verdes e 2 colheres de sopa da cenoura ralada. Ainda 1 fatia pequena da batata-doce ou 2 colheres de sopa do arroz integral.

No lanche da tarde são 2 ameixas-pretas secas, e 1 xícara do iogurte natural desnatado. Para o jantar é consumido 1 prato da salada das folhas verdes com brócolis, tomate, atum; ou 1 prato da sopa de legumes mais 1 pedaço pequeno do peito de frango. Na ceia, 1 xícara do chá de hibisco com canela.

Compartilhe

Deixe uma resposta

FOLLOW @ INSTAGRAM