4 Motivos para Toda Mulher Praticar Musculação

Queima Maior Calórica

Já foi mostrado por pesquisas que o aumento de 0,5 kg de massa muscular induz de 30 a 50 calorias a mais sendo eliminadas diariamente. Isto ocorre porque são os músculos que estabelecem do indivíduo qual vai ser o ritmo do próprio metabolismo, mesmo quando não se pratica qualquer tipo de exercício físico.

E quanto mais músculos alguém possui, maior é o quanto de energia o corpo gasta. Tudo o que for realizado, desde a escovação dos dentes a dormir, ou checagem da rede social, a pessoa queimará mais calorias, se possuir mais músculos. Assim, a queima calórica maior é mais uma razão para a mulher praticar musculação.

Ossos Mais Fortes e Alívio de Dores nos Joelhos

Mais um motivo para toda mulher praticar musculação é que deixará os próprios ossos mais fortes. O levantamento de peso não trabalha apenas os músculos, pois também é capaz de promover o fortalecimento de ossos.

Ao executar uma série, sendo exemplo a rosca, os músculos conferem um tipo de puxão nos ossos do braço, que têm reação criando novas células. E a conseqüência é que ossos se tornam mais fortes e com maior densidade.

Mais uma razão para toda mulher praticar musculação é que oferecerá alívio para dores nos joelhos. A musculatura com maior força auxilia os joelhos a ficarem na posição correta, e assim os problemas associados às dores na região são amenizados. Um treino de fortalecimento adequado pode representar uma solução às dores em joelhos.

Melhora da Saúde do Coração

Como muitos entendem o exercício aeróbico, que também é denominado cardiovascular, gera benefícios para saúde cardiovascular, como a própria denominação já aponta. No entanto, o mesmo não está só no grupo dos treinamentos físicos que são saudáveis ao coração, sendo que a musculação também auxilia neste fator.

A prova é encontrada em estudo realizado da Universidade do Estado de Appalachian, Estados Unidos, em que após avaliarem indivíduos que fizeram 45 minutos de atividades de resistência na intensidade moderada, os pesquisadores notaram que os participantes tinham reduzido a própria taxa da pressão arterial, nos 20%.

Segundo o site Fitness Magazine, tal índice é tão favorável ou até melhor em comparação com efeito gerado por grande parte de medicamentos usados para controle da pressão arterial.

Compartilhe

Deixe uma resposta

FOLLOW @ INSTAGRAM