Quais os Alongamentos que São Fundamentais

Anteriormente a qualquer exercício físico as pessoas devem “esquentar seus motores”, com prática do aquecimento. Este fator tem função lógica de aumentar a própria temperatura do corpo, e também diminuir a viscosidade muscular e articular e tornar maior o fluxo sanguíneo.

Na ausência do aquecimento adequado, o indivíduo forçará o próprio corpo, com probabilidade de não ter performance ideal, e também corre o risco de sofrer uma lesão. Assim, o alongamento bem feito anteriormente ao treino é tão importante.

Razões para Alongar e Aquecer

Todos são capazes de aprender e realizar alongamentos, não importa a idade e flexibilidade. O alongamento deve integrar a vida cotidiana, pois relaxa a mente e tem importância para o corpo.

Ao alongar o corpo é percebida diminuição de tensões musculares, circulação ativada, e benefícios para coordenação. Esta prática é como sinalizar aos músculos que os mesmos serão usados, e desenvolve a consciência corporal.

O alongamento também auxilia a liberar movimentos bloqueados pelas tensões emocionais. Há prevenção das lesões, já que um músculo forte e antes alongado apresenta resistência melhor às tensões, em comparação com músculo forte e não alongado.

Ao alongar-se há aumento no quesito da movimentação, e assim os determinados gestos ficam mais fáceis e exigem menos energia para serem feitos. O alongamento propicia condições para melhor agilidade, força e velocidade, assim, potência ideal.

Importância da Flexibilidade

A flexibilidade se resume à qualidade física expressa por amplitude do movimento voluntário da articulação ou conjunção de articulações em certo significado.

Em literatura, há determinados autores afirmando que alongamentos não são responsáveis por aquecer, mas alongar não se resume de modo simples a esticar um músculo, pois alongar é gerar estiramento de grupo de músculos, e o indivíduo deverá deixar todo o resto do corpo em alinhamento mecânico com sustentação por enorme contração isométrica.

Com esta compreensão, tem-se que uma contração isométrica exige energia e assim é determinada como trabalho muscular, pois para sustentar a mesma são necessárias quebras de ATP, adenosina tri-fosfato, de modo simplificado se resume à molécula orgânica que armazena energia nas suas ligações químicas. E então, tem boa serventia para o aquecimento.

Na ausência do alongamento, determinados movimentos ficam impossíveis de prática. Mas, há métodos para treino da flexibilidade, e alguns, na realidade, farão com que bastante força seja perdida no treino, no entanto, não são todos. É ideal dialogar com o professor acerca do alongamento, momento ideal, e quantidade de tempo.

Compartilhe

Deixe uma resposta

FOLLOW @ INSTAGRAM