Como Funcionam as Regras do Tiro com Arco

As Olimpíadas estão em proximidade a iniciar, e assim, existe maior interesse do público a compreender esportes menos conhecidos. O tiro com arco é com certeza um dos esportes de maior tradição, que se destacou inicialmente nas Olimpíadas de Paris, no ano 1900.

História do Esporte

Não se resume apenas a um esporte. O tiro com arco representou, na realidade, uma forma de vida em relação às civilizações primitivas, possibilitando que indivíduos da época conseguissem caçar e obtenção da própria alimentação para sobrevivência.

Com este objetivo, arcos e flechas terminaram perdendo projeção somente com o aparecimento de armas de fogo. E como esporte, o tiro com arco iniciou a aparecer no ano 1840, época de ocorrência das iniciais tentativas neste significado em York, Inglaterra.

Tiro com Arco na Rio 2016

As provas olímpicas terão disputas nas 4 modalidades, individuais e pelas equipes, em categoria feminina e também em categoria masculina. As iniciais etapas têm data para 6 de agosto, quando as eliminatórias têm início por equipe masculina.  As atividades terminam na data 12 de agosto, através das finais de masculino individual.

A modalidade apresentará aos jogos os 128 atletas, sendo 64 homens, 64 mulheres. Trata-se destes competidores que fazem disputa de provas individuais. Em relação às provas pela equipe, há habilitação de países que, dentre tais classificados de modo individual, os que apresentarem no mínimo 3 atletas. A regra é aplicada ao feminino e também masculino.

De modo preliminar, é realizada uma rodada para classificar os 64 atletas. Cada um dos atletas vai atirar 72 flechas para alvo. No fim, a pontuação de cada um dos atletas se totaliza para gerar lista classificatória.

Iniciam, assim, os confrontos individuais, 1° versus 64°, 2° versus 63°, e então de modo sucessivo. Aos confrontos individuais, o arqueiro dispõe de 12 flechas. Em confrontos pelas equipes, o time vai ter 24 chances a atirar.

Após entender o sistema de disputa, vale conferir algumas regras que auxiliam a compreender o desenrolar das disputas. Sobre a distância, para Olimpíadas, o regulamento determina distância única, que se resume de 70 metros do arqueiro ao alvo; em outras disputas, há possibilidade de encontrar variações com esta regra.

Sobre o tempo de disparo, trata-se de 40 segundos em fases preliminares, e em finais, o tempo é diminuído aos 20 segundos, ou seja, o esporte é muito dinâmico e não existe brecha ao tédio. Em relação à pontuação, varia de 1 a 10, segundo o círculo alcançado por arqueiro.

Compartilhe

Deixe uma resposta

FOLLOW @ INSTAGRAM