3 Exercícios Contra Dor na Coluna

Um reflexo comum ao ter dor nas costas é desejar permanecer na cama ou ao menos interromper qualquer atividade exigente. Mesmo que isso seja de se compreender, e até aconselhável em curto prazo, quando realizada por tempo superior a 1 ou 2 dias, pode ser prejudicial.

Em substituição a isso, as atividades para dor nas costas se resumem excelente opção para reabilitação e ajuda em alívio da dor; são apresentados 3 exercícios interessantes na seqüência.

Exercícios Ideais Contra Dor na Coluna

Há possibilidade de aumento da longevidade, melhora da saúde e redução de muitas maneiras de dor através da atividade física. Quando realizado de maneira correta, o mesmo é capaz também de trabalhar flexibilidade, aumento da força, e ainda atenuação da dor na coluna. Entender os ideais exercícios para reduzir a dor é fundamental para gerir os sintomas.

– Alongamento. O estudo recente de Group Health Research Institute fez descoberta que alongamento se resume tão eficiente quanto yoga em diminuição da dor. Pode ser de qualquer tipo, o dinâmico ou estático. O mesmo favorece para melhora da flexibilidade e reduzir risco das dores na coluna e sintomas.

– Yoga. Vários estudos apontam que os indivíduos que fazem yoga mostram menos dores e mais mobilidade em comparação com os que simplesmente optam por tratamentos convencionais ao alívio de dor nas costas. Já que a prática faz combinação de alongamento com equilíbrio e força, auxiliando para que músculos fracos sejam tonificados, e liberação dos tensos.

 – Pilates. Um estudo do Canadá fez descoberta que pacientes vivenciando dor nas costas e coluna que praticaram treino de pilates em torno de 4 horas e 30 minutos pela semana afirmaram inferior desconforto e incapacidade depois de um ano do começo do programa. A atividade realiza fortalecimento de músculos de core, através dos quais a coluna vertebral é sustentada, reduzindo risco das lesões. O mesmo ainda aumenta flexibilidade, com maior facilidade assim para movimentos.

Cuidados na Execução dos Movimentos

É interessante lembrar que sempre anteriormente de começar uma série de atividades, é essencial consultar-se com médico. A depender da complicação, talvez seja preciso cuidado especial, que apenas o médico tem capacidade de avaliar.

Em várias situações, ainda é preciso acompanhamento do profissional para fazer os movimentos. Para tal, a recomendação é procurar instrutor de Educação Física ou fisioterapeuta. O especialista oferecerá treino com segurança à complicação, e também vai conseguir fazer acompanhamento da evolução.

Compartilhe

Deixe uma resposta

FOLLOW @ INSTAGRAM