Exercícios como medicina

Você deve conhecer pessoas, se não for uma delas, que entrou na academia por indicação médica. Não é de hoje que especialistas utilizam como método preventivo para cuidar de seus pacientes a prática de exercícios como medicina. As pessoas estão mais preocupadas com a saúde, mas, ainda assim, o Brasil carrega um índice com média de 62,1% de sedentários, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada em 2015 pelo IBGE.

 

Que praticar atividades físicas traz benefícios para o corpo e saúde é de conhecimento geral. Mas vai além, pacientes com colesterol alto, diabetes, alérgicos, cardiopatas costumam receber a instrução de praticar exercícios como medicina para diminuir os quadros de crise.

 

Para evitar a osteoporose e outras deficiências ósseas, o aumento de massa muscular fortalece os membros que protegem a articulação e é fundamental para não sobrecarregar os ossos.

Mexa-se
Além dos casos já citados, são recomendados exercícios como medicina para pacientes com:
obesidade: quando combinada com uma dieta balanceada, a perda de peso acontece de forma saudável.

Doenças neurodegenerativas: O movimento do corpo estimula o cérebro, é importante manter a parte mais importante do nosso corpo ativa. Para patologias como Alzheimer, Parkinson e outras, são indicados exercícios como medicina preventiva.

Utilizar os exercícios como medicina é uma forma inteligente para prevenir problemas de saúde. Se você ainda não pratica, primeiro faça um Check up, saiba como está a sua saúde. Converse com o seu médico pedindo indicações de qual atividade é mais indicada para você. Mas não deixe de se movimentar.

 

Você também vai gostar deste poste: https://blog.wiki4fit.com.br/2018/02/28/tendencia-hiit/

Compartilhe

Deixe uma resposta

FOLLOW @ INSTAGRAM